SandDance: Microsoft Abre o Código da ferramenta

SandDance: Microsoft abre o código da ferramenta de exploração visual de dados. O projeto open source será relançado no GitHub. Essa nova versão foi reescrita como um componente embarcado para trabalhar com JavaScript. O anúncio em inglês pode ser lido aqui.

SandDance: ferramenta visual de exploração de dados desenvolvida pela Microsoft Research.

A Microsoft vem aperfeiçoando suas ferramentas para atingir todos os públicos. Desde o usuário final, com ferramentas self-service data (Power Platform) e automatização de fluxos até o profissional altamente especializado como o cientista de dados.

A versão é composta por vários componentes que funcionam em aplicativos nativos JavaScript ou React, além de usar várias bibliotecas de código aberto. Essa nova arquitetura do SandDance será muito mais extensível, permitindo novos tipos de gráficos, camadas e interações, além de ser incorporado a novos aplicativos verticais.

Além dos componentes JavaScript brutos, o SandDance está disponível como uma extensão para o Visual Studio Code e o Azure Data Studio e também foi relançado como um visual personalizado do Power BI.

Usos inovadores do SandDance incorporados em muitos outros aplicativos em que a visualização de dados baseada em unidade faz sentido, como em ferramentas de aprendizado de máquina. Torná-lo um componente de código aberto é o primeiro passo para esse objetivo.

Para quem não conhece o SandDance, ele foi introduzido há 4 anos como um sistema para explorar e apresentar dados usando “visualizações de unidades”.

Em vez de agregar dados e mostrar as somas resultantes como gráficos de barras, o SandDance mostra cada linha de um conjunto de dados (por conjuntos de dados de até 500 mil linhas).

O SandDance representa cada uma dessas linhas como uma marca que pode ser colorida e organizada em diferentes áreas da tela. Assim, os gráficos de barras são feitos de suas unidades constituintes, empilhados ou classificados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *